31/03 – Dia da Saúde e da Nutrição

No momento você está vendo 31/03 – Dia da Saúde e da Nutrição

O Dia da Saúde e da Nutrição tem o objetivo de conscientizar a população sobre a importância de uma alimentação saudável para a manutenção da saúde.

E, neste ano, temos que comemorar a reinstalação do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), órgão de assessoramento da Presidência da República, de participação social, que atua na formulação, no monitoramento e na avaliação de políticas públicas de segurança alimentar e nutricional.

O Consea é responsável por retomar e atualizar a agenda de enfrentamento à fome e à insegurança alimentar em um cenário preocupante: segundo a Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede PENSSAN), em 2022, cerca de 33,1 milhões de brasileiros não tinham suas necessidades alimentares básicas atendidas, ou seja, passavam fome, e seis em cada dez brasileiros (58,7% da população) conviviam com algum grau de insegurança alimentar.

Além da fome, outro desafio diz respeito à má alimentação e aos maus hábitos dos brasileiros relacionados às refeições. Segundo o Serviço de Nutrição e Dietética (SND), o caminho para uma alimentação adequada e saudável está em conhecer os alimentos que trazem benefícios físicos, sociais e emocionais e cuidar também do momento de cada refeição.

Recomendações publicadas pelo Ministério da Saúde para uma alimentação adequada e saudável

  1. Fazer de alimentos in natura ou minimamente processados a base da alimentação.
  2. Utilizar óleos, gorduras, sal e açúcar em pequenas quantidades ao temperar e cozinhar alimentos e criar preparações culinárias.
  3. Limitar o consumo de alimentos processados.
  4. Evitar o consumo de alimentos ultraprocessados.
  5. Comer com regularidade e atenção, em ambientes apropriados e, sempre que possível, com companhia.
  6. Fazer compras em locais que ofertem variedades de alimentos in natura ou minimamente processados.
  7. Desenvolver, exercitar e partilhar habilidades culinárias.
  8. Planejar o uso do tempo para dar à alimentação o espaço que ela merece.
  9. Dar preferência, quando fora de casa, a locais que servem refeições feitas na hora.
  10. Ser crítico quanto a informações, orientações e mensagens sobre alimentação veiculadas em propagandas comerciais.

Você sabia?

Desde outubro/2022, está em vigor o novo padrão de rotulagem de alimentos e bebidas industrializadas aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A partir de agora, as embalagens deverão apresentar um selo frontal com símbolo de lupa para informar sobre altos teores de açúcar, gordura e sódio. A mudança atinge principalmente os alimentos processados e ultraprocessados.

A rotulagem frontal, segundo a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), é uma das principais ferramentas políticas para regular os produtos ultraprocessados e evitar o consumo excessivo de ingredientes que fazem mal à saúde. 

Este post tem um comentário

Deixe um comentário