Enfermagem

Este é o maior efetivo do Hospital, com mais de 900 trabalhadores (enfermeiros e técnicos de Enfermagem) e uma das categorias da saúde mais mobilizadas para o gerenciamento dos processos de cuidado. Cabe a essa profissão o compromisso da organização e produção de serviços de saúde para atender às reais necessidades dos usuários e da Instituição.

O cuidado de Enfermagem compreende o elo entre as esferas – gerencial e assistencial – que compõem o trabalho de envolvimento com múltiplas ações no processo de educação em saúde.

Nesse sentido, os métodos de trabalho constroem conhecimentos científicos e articulam as atuações nos diversos serviços de saúde em busca da melhor qualidade do cuidado.

É da responsabilidade da Enfermagem prestar os primeiros atendimentos aos pacientes, realizar exames preliminares, cuidar da higiene, gerir os medicamentos prescritos e acompanhar o quadro geral dos usuários internados. Esses profissionais trabalham junto com a equipe multiprofissional e exercem suas atividades de acordo com o planejamento assistencial de cada paciente.

Farmácia

A Farmácia Hospitalar é uma unidade de apoio aos processos assistenciais, pautada na melhoria da qualidade dos serviços prestados e que visa mais agilidade do atendimento e segurança na utilização do medicamento.

A área conta com farmacêuticos que prestam suporte técnico às equipes de enfermagem, médica e a outros profissionais, por meio da dispensação de medicamentos, informações sobre esses itens, análise de reações adversas, interações medicamentosas e acompanhamento farmacoterapêutico para grupos de maior risco. A dispensação de medicamentos é individualizada por paciente. Todo o Serviço de Farmácia está disponível 24h com o farmacêutico de plantão.

A unidade central da Farmácia tem como principal função a aquisição, o armazenamento do estoque de medicamentos e o abastecimento das unidades satélites. Nesse setor são realizadas atividades como recebimento, codificação em código de barras (rastreabilidade), estocagem, distribuição e controle de medicamentos.

O setor também é responsável pela aquisição de medicamentos que não são padronizados no Hospital, mediante solicitação do médico assistente e avaliação de um farmacêutico. Além da unidade central, há farmácias satélites no Pronto-Socorro, na Maternidade, no Bloco Cirúrgico, CTI, Centro de Atendimento ao Coronavírus e Síndromes Respiratórias Agudas (Cecovid) e nas unidades de internação.

A Farmácia Clínica conta com farmacêuticos clínicos, farmacêuticos residentes e acadêmicos de Farmácia. Entre as atividades desempenhadas está a orientação aos pacientes em uso de insulina, sonda nasoentérica, dispositivos inalatórios, varfarina e enoxaparina, atendimento a interconsultas para casos de maior risco farmacoterapêutico e problemas de adesão ao tratamento, além de um serviço especializado para pacientes em uso de anticoagulantes orais. O setor também presta apoio assistencial com informações técnicas sobre medicamentos, pelo telefone: (31) 3459-3423.

Fisioterapia

A Fisioterapia do Risoleta integra a equipe multidisciplinar, realizando a reabilitação físico-funcional dos pacientes internados em todos os setores do Hospital, desde a admissão até a alta.

É capacitada e especializada, com fisioterapeutas aptos a atender com a melhor qualidade e respeito os pacientes adultos, pediátricos e neonatos, pois oferta serviços qualificados em todas as linhas de cuidado.

A assistência fisioterapêutica ao paciente crítico e clínico é realizada 24h durante todos os dias da semana. As equipes são treinadas para realizar a prevenção e/ou tratamento de complicações respiratórias e motoras, de forma a garantir o melhor prognóstico no quadro clínico e de reabilitação do paciente.

Fonoaudiologia

A Fonoaudiologia integra as equipes multiprofissionais da Instituição, atuando de maneira articulada com as demais profissões da área da saúde, visando maior efetividade do cuidado promovido.

Atualmente, é composta por onze fonoaudiólogos, sendo três da equipe de assistência neonatal e oito da equipe de assistência aos adultos.

A Fonoaudiologia previne e reduz complicações a partir do gerenciamento e desenvolvimento do processo de reabilitação da deglutição e da comunicação de maneira segura e eficaz, agindo de forma precoce, com o paciente ainda no leito.

As intervenções realizadas possibilitam a redução do tempo de internação e da taxa de re-internações por pneumonias aspirativas, contribuindo significativamente para a melhoria da qualidade de vida dos pacientes e redução dos custos hospitalares.

De maneira integrada com as atividades de formação profissional, a Fonoaudiologia faz parte do Programa de Residência Multiprofissional da Saúde do Idoso do Risoleta.

Nutrição

O Serviço de Nutrição e Dietética (SND) conta com oito nutricionistas que se dividem entre Nutrição Clínica e de Produção, sendo responsável pela alimentação dos pacientes, trabalhadores, residentes, acadêmicos e acompanhantes.

A área de Produção é responsável pelos processos vinculados à preparação e distribuição dos alimentos, com ênfase na segurança alimentar, garantindo a qualidade nutricional e higiênico-sanitária da alimentação.

Já a Nutrição Clínica promove o cuidado nutricional dos pacientes por meio da assistência nutricional e prescrição dietética individualizada.

Atualmente, o SND possui uma padronização que engloba 54 tipos de dietas, garantindo assim a alimentação adequada conforme a consistência prescrita e as características individuais, com uma oferta de macro e micronutrientes para os pacientes.

Em média, são servidas cerca de 2800 refeições por dia no Hospital.

Psicologia

O Serviço de Psicologia do Risoleta vem atuando para fortalecer os princípios do Sistema Único de Saúde (SUS), reduzindo desigualdades sociais e trabalhando para a garantia do direito de acesso da população ao cuidado em saúde mental.

Para tanto, esse serviço aprimorou ferramentas da clínica ampliada e da técnica psicanalítica para o fortalecimento de um modelo alinhado aos objetivos de cuidado psicossociais do SUS.

Diariamente, a Psicologia prioriza o atendimento de perfis de alta complexidade e gravidade, abordando situações de:

. tentativas de autoextermínio;
. violências por arma de fogo e arma branca;
. violências físicas e/ou sexuais realizadas contra minorias e grupos vulneráveis;
. condições de grave incapacidade orgânica (câncer, HIV/AIDS, amputação de membros);
. pessoas em mecanismo de morte, complicações graves por uso abusivo de álcool e outras drogas, condições de sofrimento mental em crise, agravo de processos mórbidos por condições de situação de rua e extrema pobreza.

Atualmente, o serviço é composto por nove psicólogas e uma coordenadora, estando presente no Hospital todos os dias da semana.

Serviço Social

O Serviço Social é uma profissão que utiliza do instrumental científico das Ciências Humanas para compreender, analisar e promover num trabalho multiprofissional articulado, intervenções nas relações entre os homens na vida social, desenvolvendo uma ação global de caráter sócio- educativo e de prestação de serviços, inserindo-se nas diversas áreas das políticas sociais.

No Risoleta, o assistente social constrói sua expertise nas intervenções junto aos indivíduos e famílias em vulnerabilidade social, a partir de uma escuta qualificada que orienta o desenvolvimento de ações para assegurar direitos e acesso à rede sócio-assistencial, norteando sua ação para o fortalecimento do serviço, de forma crítica e propositiva, visando contribuir para alcançar os objetivos institucionais de cuidado integral ao paciente e sua família.

Para isso, a equipe é composta por 15 assistentes sociais, com atuação durante 24h/dia, com ênfase no acolhimento e na orientação de pacientes e familiares. Participa ativamente da construção de processo de desospitalização segura em parceria com rede sócio-assistencial, trabalhando na defesa do SUS universal e na garantia de direitos, buscando contribuir com o empoderamento e autonomia dos usuários da saúde.

Terapia Ocupacional

A Terapia Ocupacional do Risoleta foi implantada em 2008 para possibilitar o envolvimento do paciente em atividades de autocuidado básico como banho, alimentação e vestuário, atingindo o melhor desempenho funcional e grau de independência.

Atua em todos os cenários e com os pacientes dos grupos de risco: de Acidente Vascular Cerebral (AVC), Cuidado Paliativo, Idoso Frágil, Centro de Terapia Intensiva (CTI), Cirurgia Vascular, Traumatologia ortopédica e Clínica Médica.

Os atendimentos são organizados em intervenções: restauradoras da funcionalidade e das funções, adaptativas e corretivas com a utilização de dispositivos de Tecnologia Assistiva, Treino Funcional e Educativas, tanto com pacientes quanto com cuidadores ou familiares, individualmente ou em grupos.

A equipe prima por atuar na prevenção de lesões da pele, interferindo na facilitação do posicionamento do leito, na comunicação e nos encaminhamentos de alta para a continuidade da atenção especializada necessária, contribuindo para maior efetividade do plano terapêutico dos pacientes.

Equipe Multidisciplinar de Terapia Nutricional (EMTN)

Composta por médico, enfermeiro, nutricionista, fonoaudiólogo e farmacêutico, a Equipe Multidisciplinar de Terapia Nutricional (EMTN), desde 2006, é responsável por identificar os pacientes com risco nutricional, indicar a melhor estratégia para adequar as necessidades nutricionais em cada situação clínica durante a internação e orientar os pacientes e seus familiares (cuidadores) sobre a terapia nutricional para alta hospitalar, o que é crucial para a qualidade de vida e saúde dos usuários após a desospitalização.

No Risoleta, a EMTN tem oito profissionais e conta com mais três membros da Nutrição Clínica que fazem interface com as ações. A Equipe também atua na qualificação permanente dos profissionais envolvidos com a terapia nutricional e todos os atendimentos são realizados de forma individualizada e humanizada, respeitando os preceitos éticos em busca dos melhores resultados.